Gatos

História

Estima-se que as primeiras espécies de gatos-domésticos surgiram há 12 milhões de anos, porém evidencias demostram que no Antigo Egito os gatos começaram a ser utilizados como auxiliares para exterminar algumas pragas (ratos) e também para estimação.  Quando a população humana deixou de ser nômade e passou a viver da agricultura, os gatos ganharam seu papel na sociedade, por ter preservado o forte instinto caçador dos “Grandes Felinos”, passaram a ser apreciados para evitar que ratos e camundongos invadissem os depósitos de alimentos e cereais.

Arqueólogos encontraram no Egito, estátuas e gravuras pintadas de gatos de aproximadamente 9500 anos. Nestas terras os animais eram considerados sagrados, os viajantes que tentassem levar um gato consigo eram punidos com a morte, assim como as pessoas que matassem o animal. Sempre associado a Deusa da Fertilidade, que possuía cabeça de gato e era sempre cercada por eles em suas representações, o gato teve seu papel de destaque. Quando os gatos chegaram a antiga Pérsia ganharam também proteção e confiança, além de habilidosos caçadores a população antiga acreditava que os gatos representavam um espirito amigo. Na Pérsia acreditava-se que ao fazer mal a um gato o ser faria mal a si mesmo.

Nos séculos que se seguiram eles continuaram sendo bem-vindos na Europa Cristã, por suas habilidades no controle de pragas. Porém, na Idade Média eles foram perseguidos, principalmente os gatos pretos, que na crença da Igreja Católica, eram associados as bruxas e aos mais diversos sortilégios, a Inquisição passou a queimar os animais junto com seus donos acusados de bruxaria. Com o final desses tempos os gatos foram novamente aceitos nos navios e nas residências, voltando a cumprir seu papel.

Na sociedade moderna os gatos passaram a ser vistos como animais finos, passando a acompanhar as damas da alta sociedade, inclusive sendo utilizados como acessório em eventos sociais.  Nesta época começaram a se desenvolver as raças, o gato Persa, foi o primeiro a ser reconhecido pelo pedigree. Após esse período tornou-se comum as feiras de exposições desses animais. Atualmente os gatos são os mascotes mais populares do mundo, porém ainda são utilizados por navegadores e agricultores como controle de pragas, por sua domesticação “recente” podem adaptar-se a vida selvagem facilmente quando abandonados, passando a viver em pequenas colônias onde caçam em conjunto.

Essa é uma breve explanação sobre a atuação dos gatos nas sociedades antigas e modernas, porém temos a intensão de fornecer muitas outras informação sobre convivência, cuidados e comportamento que lhe auxiliem a conviver melhor com seu gato, tornando a vida dele mais longa e confortável e os laços entre vocês mais sólidos.

gato-1-teste

Últimos posts sobre cão

Meu gato faz xixi no lugar errado; O que fazer?

Gatos são animais metódicos e organizados que raramente mudam os seus hábitos. Sendo assim, quando o gato faz xixi... read more

Férias em família? Porque não incluir seu peludo?

As férias estão chegando e pra quem é apaixonado pelo seu pet surge um dilema: Com quem ou como... read more

Gato e Medo de Visitantes

Os gatos podem desenvolver um medo de pessoas que eles não conhecem, por muitas razões. Felinos de companhia têm personalidades... read more

Quer viajar com seu animal de estimação? Temos 10 dicas para aumentar a segurança.

Para alguns pais de animal de estimação, uma viagem não é divertida se os membros de quatro patas da... read more