Cães

História

Estudos afirmam que a 135000 anos eles estão na companhia dos humanos, pelo menos são as primeiras evidências fósseis encontradas que distinguem os ancestrais dos cães, dos lobos cinzentos. Há ainda evidencias da presença dos cães juntamente com humanos a cerca de 30000 anos. Os arqueólogos baseiam os estudos sobre o início da parceria entre homem e cachorro em fosseis humanos que foram enterrados junto a seus cães em posições que sugerem afetividade. Nada é definitivo no que diz respeito a origem, pois os cães podem ser descendentes de uma variação diferente dos lobos, canídea ou uma descendência direta do cruzamento dos lobos cinzentos com chacais.

Na pré-história os humanos viram utilidade na aproximação de alguns lobos dos acampamentos, eles afugentavam grandes animais e alguns felinos. Os mais dóceis foram aos poucos domesticados e cruzados entre si aumentando a convivência a sociedade e originando as primeiras raças.

No Antigo Egito os cães eram reverenciados por conta da crença de serem conhecedores dos segredos do outro mundo, o mundo dos mortos. Na Grécia Antiga, os cães eram relacionados aos deuses da cura, ganhando templos onde haviam dezenas deles, os enfermos eram levados até esses templos para terem suas feridas lambidas por eles. Nesta mesma época foram levados a combater junto aos exércitos de Alexandre, O Grande. No Império Romano, os cães eram fortes e destemidos e usados para entreter o público em grandes batalhas no Coliseu de Roma. Com o fim do Império Romano o mundo entrou na Idade Média, com cães espalhados por toda a Europa, porém o mundo era assolado pela peste negra e os cães perderam seu prestigio por se alimentarem dos cadáveres nas periferias das cidades.  A Igreja Católica, instituição mais influente no período, criou uma relação entre os cães e a morte e passou a relacioná-los com criaturas das trevas, bruxas, vampiros e lobisomens, fazendo com que eles perdessem seu prestigio, sendo caçados pela inquisição.

Já no período Renascentista a visão negativa sobre os cães foi desaparecendo, ganhando a simpatia dos nobres. Passaram a ser criados dentro dos castelos e com isso famílias tiveram a liberdade para desenvolver raças, com as quais os nobres eram presenteados, animais únicos que ganhavam máximo de cuidados. O

Os cães acompanharam os primeiros exploradores a pisarem nos polos sul e norte, passado a auxiliar as tribos que viviam na Sibéria. Com as grandes navegações os desbravadores utilizavam os cães nas conquistas dos territórios, como farejadores para localizar as tribos hostis. Já no século XIX os cães foram treinados e apreciados para lutas e guerras.

O século XX serviu para o desenvolvimento de muitas raças, porém as Guerras Mundiais exterminaram algumas raças e solidificaram outras, como Pastor Alemão e o Doberman, bons rastreadores. Os animais passaram a ser treinados para auxiliar cegos, tomando conta dos lares ou apenas fazendo companhia, os cães ganharam habilidades devido sua capacidade de domesticação e aprendizagem. Na atualidade os cães são considerados os carnívoros mais numerosos do mundo, os cientistas explicam esse fenômeno devido a capacidade cerebral desenvolvida pelos cães de se moldarem a vontade humana.

Como podemos verificar neste breve resumo histórico os cães, ou lobos, estão acompanhando a evolução humana desde os primórdios, nossa missão com este blog  é desvendar um pouco do cotidiano da vida com cães, auxiliando as relações, estreitando ainda mais os laços.

cao-1-teste

Últimos posts sobre cão

Meu Cachorro se Coça, o Que Pode Ser?

Pessoal, quem tem um animal de estimação zela pela saúde e bem estar, certo?! (ou ao menos deveria ser)... read more

5 alimentos que podem prejudicar a saúde do seu bichinho de estimação

A gente sabe que você provavelmente já alimentou seu animal de estimação com algum item desta lista e nada... read more

Férias em família? Porque não incluir seu peludo?

As férias estão chegando e pra quem é apaixonado pelo seu pet surge um dilema: Com quem ou como... read more

Cães bagunceiros? Dicas super úteis!

read more